Search
Close this search box.

Osteomas - Cirurgia minimamente invasiva

Dra. Valéria Marques

Dra. Valéria Marques

Neurocirurgiã Pediátrica | CRM 97485

Os osteomas, também conhecidos como tumores ósseos da caixa craniana, são crescimentos anormais do osso craniano que se desenvolvem para dentro  ou para fora do crânio (causando muitas vezes nódulos que o paciente percebe). A remoção cirúrgica desses tumores é a principal modalidade de tratamento, e as técnicas cirúrgicas minimamente invasivas tornaram-se cada vez mais populares devido às suas potenciais vantagens sobre as abordagens cirúrgicas abertas tradicionais.

Os benefícios da cirurgia minimamente invasiva para tumores cranianos incluem redução da morbidade e mortalidade, menor tempo de internação hospitalar, redução da perda de sangue e tempos de recuperação mais rápidos. Além disso, as incisões tendem a ser muito menores, trazendo grande benefício estético ao paciente (sem comprometer a eficiência da cirurgia) Várias técnicas cirúrgicas minimamente invasivas são usadas para a remoção de tumores cranianos, incluindo cirurgia assistida por endoscopia, radiocirurgia estereotáxica e cirurgia assistida por robô. Muitas vezes estas técnicas são aplicadas de forma combinada para melhores resultados.

A cirurgia assistida por endoscopia envolve o uso de um endoscópio, que é um tubo fino com uma câmera e uma fonte de luz ligada a ele, para visualizar e acessar o tumor. Esta técnica permite que o cirurgião remova o tumor através de pequenas incisões, minimizando o trauma nos tecidos circundantes. A cirurgia assistida por endoscopia é particularmente útil para tumores localizados na cavidade nasal ou perto da base do crânio.

A radiocirurgia estereotáxica é uma técnica não invasiva que usa radiação focada para destruir as células tumorais. Esta técnica é particularmente útil para pequenos tumores cranianos que são de difícil acesso com abordagens cirúrgicas tradicionais. A radiocirurgia estereotáxica pode ser realizada usando diferentes modalidades, incluindo os sistemas Gamma Knife e CyberKnife, e pode ser realizada em nível ambulatorial.

A cirurgia assistida por robô é uma técnica mais recente que utiliza braços robóticos para realizar procedimentos cirúrgicos. O cirurgião controla os braços robóticos, que são equipados com câmeras e instrumentos em miniatura, a partir de um console de computador. A cirurgia assistida por robô permite a remoção precisa e precisa do tumor, minimizando os danos aos tecidos circundantes. Esta técnica é particularmente útil para tumores localizados em áreas profundas ou de difícil acesso do crânio.

Embora as técnicas cirúrgicas minimamente invasivas ofereçam várias vantagens em relação às abordagens cirúrgicas abertas tradicionais, elas podem não ser adequadas para todos os tipos de tumores cranianos. A decisão de usar a cirurgia minimamente invasiva deve ser tomada caso a caso, levando em consideração o tamanho, a localização e outros fatores específicos do paciente.

Converse com nossa equipe. Optaremos juntos pela melhor opção de tratamento.